.

.

.

.

.

.

santa rosa

Prefeituras reclamam de falta de recursos, mas gastam fortunas com o São João

|

FOTO_0-1_52

Bahia liderando o desemprego no Brasil no 1º trimestre de 2016 e a população tendo que pagar até R$ 12 pelo quilo do feijão. Só com esses exemplos é possível ter a certeza que quem paga o preço – literalmente – da recessão econômica do país é o povo.

Mas o panorama muda quando o assunto é São João. Mesmo em meio à crise, prefeituras continuam gastando fortunas com dias de comemoração, mesmo após uma recomendação do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), que apelou para o bom senso dos prefeitos e aconselhou a redução dos custos com contratações de bandas e dias de festa.

Apesar de a recessão ter reflexos diretos na arrecadação dos municípios — já que muitos se valem do argumento para atrasar salários ou justificar a falta de melhorias nas cidades — poucos reduziram os festejos em relação a 2015. E o pior, alguns até decidiram por gastar mais em 2016 — ano de eleições municipais.

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting