.

.

.

.

.

.

santa rosa

Ventos fortes derrubam principal rampa da Marina da Glória

|

Rampa da Marina da Glória desaba após ventania (Foto: GloboEsporte.com)

Rampa danificada na Marina da Glória vela (Foto: GloboEsporte.com)

A rampa principal da Marina da Glória, local da vela dos Jogos Olímpicos, foi danificada neste sábado por fortes ventos. O dano aconteceu na parte da manhã, quando os atletas ainda não haviam chegado. Trata-se do maior acesso aos barcos para a água, que inclusive traz os anéis olímpicos. A estrutura é temporária e servirá apenas para os Jogos. Há outra rampa de concreto ao lado, mas menor.

De acordo com o Comitê Rio 2016, a empresa responsável pela construção da rampa foi ao local para avaliar os danos. Não conseguiu finalizar o trabalho pelas condições do vento, e portanto ainda não deu um prazo para recuperar a estrutura. Em nota oficial, a World Sailing, a Federação Internacional de Vela, disse que está acompanhando de perto os esforços do Rio 2016 para consertar a rampa. Ressaltou que a responsabilidade do comitê é fornecer a estrutura do campo de jogo, e o da federação é dirigir a competição. Um treinador israelense reclamou do que chamou de "má construção". A disputa da dvela nos Jogos começa no dia 8 de agosto.

Do outro lado da marina, na praia do Flamengo, a rampa que serve para as saídas e chegadas das classes Nacra 17 e RS:X masculina e feminina foi danificada pelas ondas. Pedaços da estrutura foram retirados da água por funcionários do Rio 2016. Por conta das ondas, atletas destas classes foram orientados a voltarem pela parte principal da Marina, onde fica a rampa danificada. (Globoesporte) 

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting