.

.

.

.

.

.

Lula vive momento delicado, não jogarei pedra, diz FHC

|

Em entrevista ao jornal Folha, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso evitou fazer juízo de valor sobre o destino de seu sucessor, o também ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – que nesta semana virou réu pela segunda vez na Operação Lava Jato.
FHC disse que o assunto é da Justiça e que não quer "jogar pedra" no petista: "ele vive um momento delicado, e não acho que corresponda a mim, que fui presidente e o conheço de outras épocas, agravar. Isso, agora, é a Justiça quem vai ter que decidir. Não quero jogar pedra no Lula", declarou ao jornal.

Ele ainda comentou sobre as denúncias que envolvem Lula feitas pelo Ministério Público Federal (MPF). "Vi partes. O Ministério Público, ao tentar mostrar que o Lula era o responsável maior, obscureceu a outra questão, que é a mais importante: houve ou não crime de favorecimento pessoal? Se ele foi o responsável maior, não é ponto de partida, é ponto de chegada. Isso não diminui a necessidade de responder a outro quesito: houve desvio de finalidade dos recursos?.

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting