.

.

.

.

.

.

Ibope: Popularidade do governo Temer cai e desconfiança no presidente chega a 72%

|

Imagem relacionada
A popularidade do governo de Michel Temer está em baixa, conforme levantamento feito pelo Ibope a pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgado nesta sexta-feira (16). Apenas 13% das 2.002 pessoas ouvidas consideram o governo ótimo ou bom, ante 46% que avaliam a gestão do peemedebista como ruim ou péssima; outros 35% consideram o governo regular, enquanto 6% não responderam. Quanto à maneira de governar, 64% dos ouvidos desaprovam o modo como Temer tem guiado o país, enquanto 26% aprovam. Dez porcento não souberam ou preferiram não responder.

A sequência negativa se reflete no nível de confiança no presidente, em que 72% afirmam não acreditar em Temer. Apenas 23% dizem confiar no peemedebista e 5% não souberam ou não responderam. Esta é a segunda pesquisa de avaliação popular da gestão que sucedeu Dilma Rousseff (PT). A primeira, feita em outubro, mostrava Temer aprovado por 14% dos entrevistados, com reprovação de 39% - outros 34% consideravam a gestão regular e outros 12% não souberam responder. Na mesma pesquisa, 55% desaprovavam a maneira de governar, 28% aprovavam o modo de gerir o país e 17% não souberam responder. O nível de confiança da pesquisa divulgada nesta sexta-feira (16) é de 95% e tem margem de erro de dois pontos percentuais. As 2.002 pessoas foram ouvidas entre os dias 1º e 4 de dezembro, em 141 municípios. 

O levantamento ainda fez uma comparação entre o governo Temer e o Dilma, e 38% dos entrevistados consideram ambos iguais. Vinte e um porcento avaliam o governo do peemedebista melhor e 34%, pior; 3% não souberam responder. Quanto às perspectivas em relação ao "restante do governo", 43% avaliam como ruim ou péssimo, 32% como regular e 18% como ótimo ou bom; 7% não souberam ou não responderam. 

As notícias divulgadas envolvendo o presidente também foram questões feitas ao público, que considerou o noticiário mais desfavorável a Temer (47%). "Nem favoráveis, nem desfavoráveis" foi a opção escolhida por 25% do público, enquanto 13% das pessoas avaliam como mais favoráveis. Quinze porcento não souberam responder. As notícias sobre Temer mais lembradas pelos entrevistados foram a PEC do teto dos gastos (7%), manifestações contra a corrupção (5%), protestos contra a PEC 241 (5%), manifestações pelo Brasil (4%) e manifestações contra o governo Temer (4%).

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting