.

.

.

.

.

.

"Não há perspectiva de reabertura das operações", diz diretor da Mirabela

|


O diretor da Mirabela Mineração do Brasil, em Itagibá, Milson Mundim, em contato por telefone com o GIRO IPIAÚ, negou a informação divulgada pelo site Notícias de Mineração (ver aqui) afirmando o possível retorno da produção da mineradora no segundo semestre de 2017. "Eu não faço a menor idéia de onde saiu esse boato. A informação não condiz com a realidade. É com tristeza que falo que estamos longe desse ponto. Não há qualquer perspectiva visível da reabertura das operações", disse Mundim ao GIRO. As operações da mina foram suspensas em maio deste ano, quando a australiana Mirabela Nickel foi liquidada. 

Desde o início do ano que a mineradora já vinha dando indícios que paralisaria as atividades, por conta da crise mundial na mineração. À época, o níquel estava sendo comercializado no mercado internacional a US$ 3,70 a libra. Hoje o valor está em US$ 4,69. Preço ainda considerado inviável para a reativação das operações. Por conta da crise, cerca de mil trabalhadores (diretos e indiretos) foram demitidos. A pausa na produção de níquel na Mirabela vem causando um grande impacto negativo na economia dos municípios de Ipiaú e Itagibá. *Giro Ipiaú

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting