.

.

.

.

.

.

Jornal Nacional ignora morte do ex-assistente de palco Russo e recebe críticas

|

Russo estava internado com pneumonia e sofreu complicações.
A morte de Antônio Pedro de Souza e Silva, o Russo, ex-assistente de palco da Globo, foi ignorada pela edição deste sábado (28) do Jornal Nacional. Russo morreu pela manhã, no Rio de Janeiro, aos 85 anos. Ele estava internado com pneumonia e sofreu complicações. 

Segundo o Uol, o telejornal dedicou 1 minutos à morte do ator britânico John Hurt, grande nome dos cinemas, porém fez a opção de não tratar da morte do ex-funcionário que esteve na emissora por 46 anos. A atitude chamou a atenção de internautas, que criticaram a emissora. "A Globo fala da morte do John Hurt, mas não fala do Russo", escreveu um. "Russo merecia uma homenagem", postou outro. "Decepcionada. Cadê a homenagem ao Russo ex-assistente de palco , que faleceu hoje?", quis saber uma seguidora do perfil do JN no Twitter. "Uma vergonha, o #JN ignorou a morte do Russo. Ja outras emissoras divulgam sem cerimônia", comentou outro rapaz. 

O nome de Russo foi parar nos assuntos mais falados do momento. Russo começou no "Cassino do Chacrinha", em 1965, e passou por vários programas da Globo, incluindo o "TV Xuxa", "Domingão do Faustão" e "Caldeirão do Huck" - tanto Xuxa quanto Luciano Huck lamentaram a morte do ex-assistente de palco. Russo foi afastado da Globo em 2014.

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting