.

.

.

.

.

.

santa rosa

Além de raspar cabelo, Eike Batista ficará sem remédio para disfunção erétil e visita íntima

|

Além de raspar cabelo, Eike Batista ficará sem remédio para disfunção erétil e visita íntima

Além de raspar os cabelos, fruto de implante, o empresário Eike Batista não poderá receber visitas íntimas por seis meses na Penitenciária Bandeira Stampa, no Complexo de Gericinó, onde está preso. O uso contínuo do medicamento Cialis, para disfunção erétil, do qual ele é adepto há anos, também deve ser suspenso. De acordo com a Secretaria estadual de Administração Penitenciária (Seap), a entrada de remédios desse tipo só é permitida se chancelada por um atestado médico. Com a suspensão do medicamento, o que deve ocorrer com o agora réu na Operação Lava Jato, é não ter uma ereção tão rígida. Uma fonte da coluna Famosos, do jornal Extra, afirma que todo mundo que convive com o empresário conhece essa história do remédio. 

“Sempre foi notória a predileção dele por mulheres bonitas e de fácil acesso” – como garotas de programa. No livro “Tudo ou nada”, da jornalista Malu Gaspar, há, inclusive, um capítulo dedicado à fúria de Flávia Sampaio, até então namorada de Eike, quando descobriu vários books com fotos e nomes das garotas contratadas num computador de uma das quatro secretárias do empresário. “Essa secretária contratava as moças para ele. Quase sempre elas acompanhavam os jantares de negócios do Eike com parceiros do mundo inteiro. As garotas eram o enfeite. E ele pagava por todas. Com algumas, ele ficava”, conta a fonte ouvida pela coluna. (Bahia Notícias) 

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting