.

.

.

.

.

.

santa rosa

Integrantes do MST são retirados de área da Mirabela, em Itagibá

|

Mandado de Reintegração de Posse foi cumprido nessa quinta-feira (09).
A Polícia Militar cumpriu nessa quinta-feira (09) o mandado de reintegração de posse da Mirabela Mineração do Brasil, expedido pela Juíza Mariana Spina, da Vara Cível do município de Itagibá. Segundo informou o Major Jorge Alexandre, comandante da 55ª CIPM, a operação transcorreu normalmente, em razão da saída espontânea dos invasores, conforme combinado anteriormente em reunião com representantes da Mirabela e do INEMA. Também estiveram acompanhando a reintegração representantes da Mirabela, um advogado representando a OAB, Seção Ipiaú e representantes do Conselho Tutelar de Itagibá.
Área era ocupado por cerca de 100 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra.
Esse foi o segundo mandado de reintegração de posse expedido pela justiça e cumprido pela polícia e representantes do judiciário. A ocupação ocorreu no dia 05 de março de 2016. No mês seguinte, cerca de 50 PMs retiraram do local os integrantes do Movimento dos Sem Terra, pouco mais de 150 pessoas, incluindo crianças. A desocupação da área da mineradora era uma das condicionantes para que a empresa volte a realizar a exploração do níquel no município de Itagibá. Além dessa, segundo o diretor da empresa no Brasil, Milson Mudim, a recuperação do valor do minério no mercado mundial, que vem ocorrendo gradativamente nos últimos meses, além de questões do protocolo das cotas do ICMS por parte do Governo Estadual, assim como a taxa de cobrança junto à CODEBA. Mudim esclareceu em entrevista ao GIRO IPIAÚ, que não adiantava o níquel chegar a um preço favorável se as questões do ICMS, Codeba e MST não fossem resolvidas. (Giro Ipiaú)

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting