.

.

.

.

santa rosa

Supermercado da Economia

Image and video hosting by TinyPic

Ubatã: Profissionais da Educação realizarão paralisação de 10 dias

|



A Rede Municipal de Educação, estará realizando um paralisação de 10 dias, a partir desta quarta-feira (15). De acordo com a APLB (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia) a decisão por uma greve nacional é um levante à bandeira de combate à reforma da Previdência proposta pelo governo Temer e pelo cumprimento integral da Lei do Piso Nacional do Magistério.

A Diretora da APLB/Sindicato em Ubatã, Andréia Miranda, concedeu uma entrevista ao Repórter Garcia Júnior, do programa Bom dia Cidade, da Rádio Canoa Forte, explicando o motivo da reivindicação, e ao mesmo tempo convidando todos os profissionais da educação, pais de alunos e a comunidade ubatense para estarem presentes em apoio a categoria na luta por seus direitos.

Lembrando que a paralisação será de nível nacional, e acontecerá em diversos estados brasileiros, além dos profissionais da educação, outras categorias também estarão aderindo a greve geral dos educadores, dentre elas serão encorpadas as classes dos servidores públicos municipais, estaduais e federais; do transporte coletivo; metroviários; metalúrgicos; bancários, entre outros, e, ainda pelas frentes Povo Sem Medo, Brasil Popular, MST e MTST. Em Ubatã, durante o período da paralisação, os profissionais da educação farão manifestações pacíficas, saindo pelas principais ruas da cidade, alertando para os que faltarem terão pontos descontados. (Notícias de Ubatã)

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting