.

.

.

.

Restaurante Leblon

anigifleblonaa0d3.gif

santa rosa

Supermercado da Economia

Image and video hosting by TinyPic

Ubatã: Biólogo fala sobre a "esperança verde"; aumento da população do inseto pode ser desequilíbrio ecológico

|

População do inseto teve aumento significativo nas últimas semanas
Foto/Reprodução Google
Nas últimas semanas a população do inseto popularmente conhecido como "esperança verde" aumentou consideravelmente no município. A "invasão" das esperanças tem chamado a atenção de todos. Apesar de ser comum nesta época do ano, muitos tem comentado sobre um possível desequilíbrio ecológico. Em contato com o Notícias de Ubatã, o biólogo ubatense Urânio Andrade, graduado pela Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) falou um pouco sobre a temática. 

Biólogo Urânio Andrad
"A família é Tettigoniidae, do filo arthropoda. É uma espécie extensa com muitos representantes. Possuem várias cores: verde, parda, rosa, dentre outras. Existem espécies com antenas mais longas e também com antenas mais curtas que o corpo. Não são nocivas, e são fitófagas (vegetarianas). No inverno os machos morrem, porém as fêmeas depositam seus ovos na terra, que sobrevivem durante o frio, e nascem na primavera. Nessa fase são chamadas de Ninfas (larvas). Predadores das ninfas: as formigas e os lagartos, principalmente as formigas." disse Urânio. 

Sobre a reprodução do animal e o possível desequilíbrio ecológico, o biólogo afirmou: "Na fase adulta são animais de hábito noturno. Seus maiores predadores são morcegos, primatas, anfíbios e aves. A incidência em abundância demonstra um desequilíbrio ambiental da região afetada. De forma controlada não traz prejuízos, mas em grande quantidade podem atacar lavouras, o que ocasiona perdas de produção no campo, e consequentemente deficites na economia." finalizou Urânio. (Notícias de Ubatã)

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting