.

.

.

.

.

.

Itabuna: Hospital de Base suspende visitas de religiosos a pacientes após ida de ‘falso médico’ ao local

|

O Hospital de Base de Itabuna decidiu suspender por tempo indeterminado as visitas de diferentes grupos religiosos a pacientes internados na unidade de saúde. A justificativa da direção da unidade de saúde é que a entrada de pessoas precisa ser melhor organizada, após um homem com problemas mentais se passar por médico e entrar na enfermaria, no início de agosto. O suspeito foi detido pela Polícia Militar, levado para delegacia e, depois, liberado.
A assistência religiosa nos hospitais está prevista na Constituição Federal. Existe uma lei que regulamenta esse tipo de serviço e especifica que os religiosos devem obedecer as regras e determinações de cada instituição hospitalar.

O diretor administrativo da unidade, Jorge Ribeiro, explica que a decisão leva em conta os riscos que os pacientes correm com a presença de pessoas estranhas nas enfermarias. “Ele [o falso médico] entrou no hospital e clinicou um paciente e saiu sem que fosse abordado. Entrou também sem que fosse abordado de uma forma que nos causou surpresa e nos causou espanto. Então, hoje no hospital existe um critério muito rigoroso quanto a entrada e a saída das pessoas“, destaca. (Blog do Tom)

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting