.

.

.

.

.

.

Ubatã: Em reunião, Justiça Eleitoral aponta preocupação com baixo índice de Recadastramento Biométrico

|

Foto: Notícias de Ubatã
Uma reunião convocada pela juíza da 134 Zona Eleitoral, Alzeni Conceição, ocorrida na manhã deste sábado (29), no Cartório Eleitoral do município de Ubatã, chefiado pelo Bel. Almir Vinhas, abordou acerca do Recadastramento Biométrico dos eleitores da terra da canoa forte e de Ibirapitanga.

Maracaram presença os vereadores ubatenses Vado Alexandrino e Jovane Quaresma, o Secretário de Agricultura de Ubatã, Vinicius do Vale, o Tinho, o diretor de Administração do município, Alvaro Messias, e o advogado e assessor jurídico da Prefeitura de Ubatã, Yan Santos.

Na oportunidade, o chefe do Cartório mais uma vez apresentou os números do recadastramento, os quais apontam que podem ser cancelados mais de 7500 títulos somando os dois municípios.

Para o chefe do Cartório, em virtude do recadastramento extraordinário, que foi iniciado em fevereiro, ja deveriam ter sido recadastrados 87% do títulos. Porém, faltando 02 dias para o fim do prazo, Ubatã so recadastrou 73% e Ibirapitanga 71,9%.

Foto: Notícias de Ubatã
Ainda foi discutido na reunião, o fato de que as Prefeituras disponibilizaram funcionários e ajudaram na divulgação do Recadastramento. Além disso, o chefe do Cartório, por meio da mídia, não mediu esforços para convocar os eleitores.

Os descontentamento com a classe política, a falta de atualização de documentos e a questão cultural (deixar pra última hora) foram apontados como motivos para o baixo quórum. Em tempo, preocupação com a manutenção da 134 Zona Eleitoral em Ubatã, pois a baixa de eleitores pode influenciar em uma retirada da sede. (Notícias de Ubatã)

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting