.

.

.

.

.

.

Deputado pede expulsão do PSD de prefeitos baianos afastados na operação ''Fraternos''

|

Imagem relacionada
O deputado de Rondônia Expedito Neto (PSD), usou a tribuna da Câmara Federal nesta terça-feira (28), para pedir a expulsão dos três prefeitos do partido, no extremo sul da Bahia, denunciados pela Polícia Federal no início do mês.

Segundo as investigações da Operação Fraternos, Claudia Oliveira, de Porto Seguro; José Robério Batista de Oliveira, de Eunápolis; e Agnelo Santos, de Santa Cruz Cabrália, usavam empresas de familiares para simular licitações e desviar dinheiro de contratos públicos.

De acordo com Expedito Neto, os três alcaides fizeram “um papelão” e jogaram o nome do PSD no lixo. Ainda no seu pronunciamento, o parlamentar lembrou de um vídeo que circulou por todo o país em 2012, no qual a prefeita de Porto Seguro simula um discurso político e fala em desvio de recursos públicos na construção de uma ponte, e disse que a situação não poderia continuar da forma que está, cobrando um posicionamento mais firme do PSD.

“Peço que eles reflitam e encontrem o melhor caminho de sair do partido ou o partido tomar a decisão de expulsá-los. Afinal, eles prometeram roubar mais de um bilhão de reais em vídeos já publicados em todas as mídias do país. Não é dessa forma que faz política honesta. Está na hora de mudar e vamos começar a mudança dentro de casa. Tenho certeza que o PSD vai enxergar isso com toda seriedade, como deveria, e vai conversar com os outros parlamentares, inclusive da Bahia, para tomar uma atitude contra esses prefeitos. Do jeito que está, não dá”, desabafou. (Bocão News)

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting