.

.

.

.

.

.

Juiz de Ubaitaba recebe membros do Comitê Popular de Gongogi

|

O Comitê Popular de Olho nas Contas Públicas protocolou junto à Justiça baiana, na Comarca de Ubaitaba, nesta terça-feira (23), um documento requerendo celeridade nos processos judiciais ajuizados por funcionários contra o município de Gongogi, por causa dos atrasos salariais e suspensão de direitos estatutários. 

A coordenação do Comitê formada por integrantes da APLB/Sindicato, SSPG e ACS/Endemias, acompanhados do vereador Adriano Mendonça, foram recebidos pelo Juiz de Direito, Dr. Pedro Godinho, que disse que seriam tomadas as medidas necessárias. Segundo os líderes sindicais, foram ajuizadas em 2017, quase 100 ações contra o município de Gongogi para coibir as violações dos direitos trabalhistas cometidas pelo atual gestor Edvaldo dos Santos, o Kaçulo. 

“Reconhecemos que a quantidade de processos é enorme na Comarca de Ubaitaba e é desumano para um só juiz, mas a fome não espera, pois servidores estão sem salários ou com direitos cortados. Acreditamos que os problemas serão resolvidos quando reivindicamos no coletivo”, disse Jones da Silva, presidente do Sindicato de Servidores Públicos de Gongogi. 

O Comitê marcará uma audiência com o Ministério Público do Estado da Bahia, para pedir a tutela estatal no sentido de evitar o abuso de poder praticado pela administração pública municipal. (Por Eudes Siqueira/Portal Gongogi)

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting