.

.

.

.

.

.

Morte de empresário baiano na Lava Jato é o destaque da semana na Veja

|

[Morte de empresário baiano na Lava Jato é o destaque da semana na Veja]
A revista Veja traz, na edição deste final de semana, uma reportagem de capa sobre a morte do empresário e político baiano José Roberto Soares, o Roberto do PT.

O ex-vice-prefeito de Ourolândia foi morto a tiros na porta da sua empresa no dia 17 de janeiro em Camaçari. Após o assassinato, o juiz federal Sérgio Moro pediu que o caso fosse investigado. O magistrado quer saber se a morte do político tem relação com seu depoimento na Lava Jato, onde entregou como funcionava um esquema do seu ex-sócio que desviou mais de R$ 7 milhões em contratos da Petrobras.
A publicação da revista semanal afirma que o empresário José Roberto Soares Vieira desconfiava que algo de ruim estava para acontecer. No começo deste ano, vendeu a casa localizada em um condomínio de alto padrão em Camaçari, passou a evitar atender ligações de números desconhecidos, afastou-se de colegas e raramente andava sozinho na rua. No período, também contratou um motorista particular e queria trocar de carro. Ele chegou a procurar uma concessionária e, aos vendedores, disse que queria trocar ou blindar seu Land Rover Discovery 4. Enquanto aguardava o orçamento, deixou o veículo na loja e alugou um Gol, veículo em que foi alvejado e morto.

Em despacho do último dia 26, Sérgio Moro advertiu: “Não se pode excluir a possibilidade de que o homicídio esteja relacionado a esta ação penal, já que, na fase de investigação, o referido acusado aparentemente confessou seus crimes e revelou crimes de outros”. (Bocão News)

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting