.

.

.

.

.

.

Brasileiro é arrastado nas ruas de Kiev sob acusação de terrorismo

|

Imagem relacionada

O brasileiro Rafael Lusvarghi, 33 anos, natural da cidade de São Paulo, foi preso novamente na última terça-feira (8) em Kiev, Ucrânia, acusado de terrorismo. Ele já tinha sido detido em 2016 pelo mesmo motivo.

Ele estava escondido em um mosteiro quando foi descoberto por nacionalistas ucranianos que o arrastaram à força pelas ruas de Kiev. Os homens envolvidos na ação gravaram vídeos agredindo e humilhando o paulista.
Condenado a uma pena de 13 anos, ele ficou pouco mais de um ano de prisão e alegou ter sido torturado no presídio onde estava. O paulista deixou a prisão após ser decidido que o tribunal que o julgou em Kiev não poderia julgar casos ocorridos no leste da Ucrânia. Informações do Correio


 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting