.

.

.

.

.

.

Bolsonaro faz fisioterapia e caminha sem dor, diz boletim médico

|

Resultado de imagem para candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, reiniciará fisioterapia, informou boletim médico divulgado na manhã desta sexta-feira (14) pelo Hospital Albert Einstein. Ele segue sem febre nem outros sinais de infecção. Na noite de quarta (12), o presidenciável foi submetido a uma nova cirurgia para tratar uma obstrução no intestino delgado (veja como foi). O procedimento durou duas horas e, segundo os médicos, foi bem-sucedido. A fisioterapia iniciada nesta sexta consistirá em caminhada e exercícios respiratórios. De acordo com o comunicado, o candidato permanece na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) "em condições clínicas estáveis e sem complicações no período pós-operatório". Ele continua recebendo analgésicos para a dor e segue em jejum oral, com alimentação parenteral (endovenosa) exclusiva. Bolsonaro está internado há uma semana no hospital da Zona Sul de São Paulo, após ser vítima de uma facada durante ato de campanha em Juiz de Fora, Minas Gerais.
O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, fez fisioterapia nesta sexta-feira (14) e caminhou pelo quarto sem apresentar dor, segundo informou boletim médico divulgado pelo Hospital Israelita Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, na noite desta sexta-feira (14).

Bolsonaro está internado no Einstein desde o último sábado (9), um dia após ele sofrer ataque com facada no abdômen durante ato de campanha e passar por cirurgia em Juiz de Fora (MG).
Segundo o boletim, o candidato permanece na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do centro médico "mantendo estabilidade clínica e sem complicações". Ele também continua sem febre e sem outros sinais de infecção. "Por ordem médica, o paciente segue com visitas restritas e somente a pessoas autorizadas pela família", completa o boletim.

Nesta manhã, outro boletim divulgado pelo hospital informava que o candidato reiniciaria fisioterapia e que seguia sem febre ou sinais de infecção. O centro médico também havia informado que as condições clínicas de Bolsonaro eram "estáveis e sem complicações" e que a alimentação dele está sendo na veia.Com informações do G1

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting