.

.

.

.

.

.

.

.

Comitiva de filho de ditador é detida com US$ 16 mi em dinheiro e bens

|

Nas malas foram encontrados US$1,4 milhão e R$ 55 mil

Nas malas foram encontrados US$1,4 milhão e R$ 55 mil

Uma comitiva da Guiné Equatorial teve as bagagens apreendidas no aeroporto de Viracopos, em Campinas, na sexta-feira (14). Entre os passageiros estava o vice-presidente do país, Teodoro Obiang Mang. A informação foi confirmada pelo Ministério das Relações Exteriores noite deste sábado (15). Com eles foram encontrados US$1,4 milhão e 20 relógios cravejados de diamantes, avaliados em US$ 15 milhões.

Os integrantes do voo vindo de Malabo, capital da Guine Equatorial, tentaram desembarcar sem passar pela inspeção aduaneira, alegando que as malas do vice-presidente eram resguardas pela Convenção de Viena, que impede a violação de bagagem diplomática. Após 4 horas de negociações, com a intermediação do Ministério das Relações Exteriores, a comitiva africana finalmente cedeu e entregou a chave das 19 malas para as autoridades brasileiras. 
Relógios cravejados de diamantes e avaliados em US$ 15 milhões
Dentro da mala onde estavam as notas de dólares, os agentes da Receita Federal e da Polícia Federal encontraram também R$ 55 mil. O dinheiro e os 20 relógios revestidos de diamantes foram apreendidos pela Receita Federal. A comitiva de Guiné Equatorial recebeu apenas 10 mil reais para entrar no país, como rege a lei brasileira.

De acordo com a Delegacia da Polícia Federal em Campinas, os integrantes da comitiva de Guiné Equatorial já deixaram o Brasil. A Receita Federal elaborou uma Representação Fiscal para Fins Penais, já que os fatos podem configurar crime. (R7)

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting