.

.

.

.

.

.

Suspeito de ataque a Bolsonaro foi filiado ao PSOL entre 2007 e 2014

|

Imagem relacionada
Suspeito de ter esfaqueado Jair Bolsonaro (PSL), Adelio Bispo de Oliveira, 40, foi filiado ao PSOL de Uberaba (MG) de 2007 a 2014, segundo relação de filiados políticos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com esses registros, ele pediu desfiliação há quatro anos e não consta ter aderido a outra sigla. Em sua página no Facebook ele tem várias postagens críticas a Bolsonaro. Há também fotos contrárias a Temer.
Adelio Bispo apoiava o movimento Lula Livre/ Foto: Facebook
Juliano Medeiros, presidente nacional do PSOL, afirmou não ter conhecimento sobre a filiação, mas que ainda está se inteirando do assunto. O partido divulgou nota condenando o ataque a Bolsonaro.

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting