.

.

.

.

.

.

Itabuna: Sem novas propostas, professores permanecem em greve

|

A greve da rede municipal de ensino de Itabuna já ultrapassa o segundo mês e a falta de qualquer sinalização de proposta de reajuste salarial por parte do prefeito Fernando Gomes fez com que os professores decidissem, nesta terça-feira (6), em assembleia, pela manutenção do movimento grevista. Além da luta pelo reajuste salarial de 6,81%, a classe exige o pagamento imediato do salário dos professores em situação de desvio de função.

A assembleia contou com participação expressiva da categoria, que está inconformada com a postura do prefeito, que afirmou à imprensa local e à Diretoria do Sindicato que o décimo terceiro salário somente seria pago no mês de novembro caso a greve fosse extinta.

De acordo com a presidente do Sindicato do Magistério (SIMPI), Carminha Oliveira, essa postura em relação ao pagamento do décimo terceiro é descabida, já que a legislação garante o pagamento da gratificação natalina nos meses de novembro e dezembro ou no mês de aniversário do professor. A greve completa 65 dias e cerca de 18 mil alunos continuam sem aula na rede. (Bocão News)

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting