.

.

.

.

PF abriu cinco investigações sobre ameaças a Jean Wyllys

|

Resultado de imagem para Jean Wyllys
O Globo teve acesso a uma série de ameaças enviadas a Jean Wyllys pelas redes sociais, no e-mail e telefone do gabinete em Brasília ou no e-mail pessoal do deputado do PSOL. As ameaças, relata o jornal carioca, fizeram a PF abrir cinco investigações e obrigaram Wyllys a andar com escolta policial desde março de 2018.

O psolista – que na sexta-feira (25) disse que não voltará ao país para cumprir seu novo mandato– era acompanhado o tempo todo por três agentes e transportado por dois carros blindados.

No início de 2017, o deputado recebeu mensagem de outro autor ameaçando atacá-lo com explosivos. Meses depois, o psolista recebeu mais um e-mail contendo vários de seus dados pessoais, como endereço, placas de seu veículo e nomes de seus familiares.

“Vamos sequestrar a sua mãe, estuprá-la, e vamos desmembrá-la em vários pedaços que vamos te enviar pelo Correio pelos próximos meses. Matar você seria um presente, pois aliviaria a sua existência tão medíocre. Por isso vamos pegar sua mãe, aí você vai sofrer”, dizia a mensagem. (Bocão News)

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting