.

.

.

.

.

.

R$ 51 milhões: PGR pede que Geddel seja condenado a 80 anos de prisão

|

Resultado de imagem para Geddel  sao condenados PGR
A Procuradoria Geral da República (PGR) pediu, nesta quarta-feira (9), ao Supremo Tribunal Federal (STF) a condenação do ex-ministro Geddel Vieira Lima, do irmão dele, o ex-deputado federal Lúcio Vieira Lima, e do empresário Luiz Fernando Machado da Costa Filho. Para Geddel, denunciado por oito crimes de lavagem de dinheiro, o pedido da PGR é que a condenação alcance 80 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado. Já para Lúcio foram pedido 48 anos e seis meses de reclusão e uma condenação de 26 anos de prisão para Luiz Fernando.
Resultado de imagem para PGR pede que Geddel seja condenado a 80 anos de prisão
A ação penal, que investiga os réus por lavagem de dinheiro e associação criminosa no caso dos R$ 51 milhões de reais encontrados em um apartamento em Salvador, já está na fase final. No mesmo documento, Raquel Dodge defendeu a manutenção da prisão do emedebista, que está detido na Papuda, em Brasília, desde setembro de 2017.

A decisão acontece depois que a defesa do ex-ministro, mais uma vez, pediu a liberdade dele, alegando que o fim da instrução processual, quando são ouvidas as testemunhas e analisadas as provas, leva ao relaxamento da prisão. No entanto, a PGR alegou que existem provas suficientes da participação dos réus, entre 2010 e 2017, nos crimes elencados. (Correio)

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting