.

.

.

.

.

.

Ministro do STF mantém investigação contra Queiroz e Flávio Bolsonaro no Rio

|

Ministro do STF mantém investigação contra Queiroz e Flávio Bolsonaro no Rio
O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou nesta sexta (1º) um pedido do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) para suspender as investigações financeiras atípicas no Rio de Janeiro e a ação tramitar na Corte. O pedido foi feito com argumento de foro privilegiado por Flávio ter se tornado senador. O ministro arquivou o pedido sem julgá-lo, o que, na prática, deve permitir a continuidade das apurações na primeira instância da Justiça do Rio de Janeiro.

O ministro já havia sinalizado que poderia arquivar a ação e remetê-la ao “lixo”. A investigação partiu de um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) que apontou transações atípicas de Fabrício Queiroz, que trabalhou para Flávio na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) quando ele era deputado estadual. Flávio será empossado nesta sexta como senador. A investigação no Rio estava suspensa desde o último dia 17 por decisão do ministro Luiz Fux, plantonista no Supremo na ocasião.

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting