.

.

.

.

.

.

Justiça determina que governo da Bahia pague salário de professores da Uneb em greve

|

Resultado de imagem para professores da uneb entram em greve
O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), através do desembargador Jatahy Júnior, determinou que o governo da Bahia pague o salário dos professores da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) que estavam suspensos por conta da greve da classe.

Os docentes entraram em greve no dia 8 do último mês por falta de repasse às universidades estaduais da Bahia e o governador Rui Costa decidiu cortar o salário dos professores.

Na liminar concedida pelo desembargador Jatahy Júnior, relator do caso no TJ-BA, ele determina que o governo pague o salário do mês de abril de 2019 e meses subsequentes corrigidos e atualizados. "Bem como que se abstenham de efetuar o desconto dos dias parados, em virtude de deflagração de movimento grevista pelos docentes, efetivos ou temporários", diz a decisão.

As quatro universidades estaduais estão em greve. São elas: a Universidade Estadual da Bahia (Uneb), a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), a Universidade Estadual do Sudoeste (Uesb) e a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). A decisão vale apenas para a Uneb.

A liminar da Justiça baiana para a Uneb também determinou que o Planserv volte a atender os professores. *Com informações do Correio

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting