.

.

.

.

Manuela D'Ávila admite ter passado contato de Glenn a hacker

|

A ex-deputada federal Manuela D´Ávila (PCdoB) admitiu nesta sexta-feira (25) à noite que foi ela quem passou o contato do jornalista Glenn Greenwald, editor do site The Intercept Brasil, ao hacker Walter Delgatti Neto. O investigado deu a informação momentos antes à Polícia Federal em Brasília.

Manuela, que está no exterior, afirmou em seu Instagram ter sido informada pelo aplicativo Telegram no dia 12 de maio deste ano que seu dispositivo havia sido invadido no Estado da Virginia, Estados Unidos. "Minutos depois, pelo mesmo aplicativo, recebi mensagem de pessoa que, inicialmente, se identificou como alguém inserido na minha lista de contatos para, a seguir, afirmar que não era quem eu supunha que fosse, mas que era alguém que tinha obtido provas de graves atos ilícitos praticados por autoridades brasileiras."

A ex-deputada e vice na chapa de Fernando Haddad (PT) à Presidência da República em 2018 termina sua resposta se colocando à disposição para auxiliar na investigação. *Com informações do R7

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting