.

.

.

.

Itabuna: MP aciona prefeitura por falta de medicamentos a pacientes com câncer

|

Itabuna: MP aciona prefeitura por falta de medicamentos a pacientes com câncer
O Ministério Público do Estado (MP-BA) moveu uma ação civil contra a prefeitura de Itabuna, no sul baiano. O motivo é a falta de medicamentos e a interrupção de tratamento para pacientes com câncer, como cirurgias, quimioterapia, consultas e exames. Nesta quarta-feira (2), quem foi ao Hospital recebeu a informação que não podiam ser atendidos. A unidade de saúde pediu que ligassem durante o dia para saber se haverá atendimento nesta quinta-feira (3).

Na ação ajuizada pelo promotor Patrick Pires da Costa, o MP-BA pede que a situação do Hospital Manoel Novaes seja regularizada em até 15 dias, o que envolve cirurgias, quimioterapia e a administração de medicamentos aos pacientes. Conforme a TV Santa Cruz, a Santa Casa de Itabuna disse que os medicamentos começaram a acabar em junho deste ano. Procurado pela emissora, o secretário de saúde municipal, Uildson Nascimento, alegou que a falta de medicamentos de oncologia se deve à crise financeira da Santa Casa e não por falta de pagamentos por parte da prefeitura.

Por meio de nota, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) informou que não tem conhecimento da ação movida pelo MP-BA. A pasta declarou ainda que os estabelecimentos habilitados em oncologia pelo Sistema Único de Saúde (SUS), caso da Santa Casa de Misericórdia em Itabuna, são responsáveis pelo fornecimento dos medicamentos. (Bahia Notícias)

 

©2011 NOTÍCIAS DE UBATÃ ::: Conectado com Você !!! | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Ubatahosting